terça-feira, 1 de setembro de 2009

Quem me ensina a Sonhar?







(imagem retirada de: anjotorto.files.wordpress.com/2008/08/sonhos1.jpg)




Quem me ensina a sonhar?
Que a espera da esperança
me está a acabar.
Na sucessão de horas esquecidas
Onde me perco e não me estou a encontrar,
Quem me vai resgatar o olhar limpo
Da criança sem passado?
Quem vai trazer de volta
O calor de verões quentes
das praias nuas… dos desertos ausentes,
Os mares velejados
Com poemas ao vento
e com a força dos corações enamorados.
Quem vai doar seus braços
Para me salvar,
Quando a noite fria desaguar em mim?
E quando o futuro já não me acordar,
Quem se vai lembrar de como sou,
Somente assim?
Quem me vai perdoar?
Quando eu pedir perdão
Depois de errar…
E quem me vai levantar
Quando eu cair no chão?
E quando a minha alma já não se gostar?
E quando o dia de Hoje não mais me entusiasmar?
Quem me vai ensinar a sonhar,
outra vez?
Quem vai acreditar que ainda é possível
me (re)encontrar?

ana claudia albergaria

3 comentários:

Anónimo disse...

Conserva a criança que há em ti... sorri com a limpedez da inocência... admira o renascer de todos os dias...

Anónimo disse...

É tão bonito... Ana!
Beijinhos

Transparências disse...

Muito lindo este teu poema, muito profundo, és muito sensível e sabes transmitir muito bem as tuas emoções. Obrigada
Gostei muito da tua visita também.
Acho que não tens o meu email...aqui vai mamariz@gmail.com, assim podes contactar, tenho sempre informações para te enviar que são do teu interesse, manda-me o teu pf..
Já agora aqui vai o meu outro blog

http://www.antonieta-mariz.blogspot.com/

beijinhos e fica em Paz